Chocolate e suas curiosidades


Caixa de chocolate

Abril chegou e sabemos que este mês temos muito chocolate, e para comemorar vamos abordar algumas curiosidades bem interessantes sobre essa delicia.

O chocolate é um doce que é feito através das sementes de cacau torrado e moído. É então misturado com outros ingredientes, como manteiga de cacau, leite e açúcar. Vamos falar sobre o passado do chocolate, os efeitos em nossa saúde hoje e que o futuro reserva para esse doce tradicional.

Ontem: Humanos e a descoberta do chocolate

Os humanos já possuem esse amor há muito tempo. Há quase 4.000 anos, tribos pré-olmecas da América Central cultivavam arvores de cacau. Essas pessoas usavam chocolate principalmente como um ingrediente de bebida e, usavam o chocolate como açúcar, misturando com pó de pimenta e outras especiarias fortes.
Mais recentemente, os astecas e maias acreditavam que o chocolate foi uma descoberta dada pelos deuses, através de dom divino disponível à humanidade. Eles usaram sementes de cacau ao longo dos anos para:

Comercio: Os astecas e maias usavam sementes de cacau como moeda.
Adoração: Os olmecas usavam o chocolate para cultos religiosos.
Cura: O chocolate foi muito utilizado como curativos nos povos antigos.
Entrar no clima: Usados como afrodisíaco o chocolate era consumido diariamente após as refeições.
Ficar bêbado: Chocolate era frequentemente usado como mistura para bebidas alcoólicas.

Os europeus conheceram essa mistura quando desembarcaram nas Américas. Ao se depararem com as bebidas saborosas descobriram que a mistura era muito mais saborosa do que as que faziam com mel e açúcar, desde então passaram a fazer os chocolates que conhecemos hoje.

Hoje: Os impactos do chocolate na nossa saúde

O chocolate hoje é usado em alimentos e bebidas. No entanto, é muito mais doce do que as primeiras receitas feitas pelos nossos ancestrais. Apesar de existirem diversos benefícios à saúde através do consumo desse alimento, é importante lembrar que tudo em excesso é perigoso.

Benefícios para a saúde

O cacau é um poderoso antioxidante associado a muitos benefícios para a saúde, ele protege os nervos de lesões e inflamações. O cacau, antes de ser misturado com açúcar e outros ingredientes que agridem a saúde, é muito saudável e afeta positivamente o sistema imunológico, o sistema cardiovascular e se passado na pele, cria uma proteção contra os raios ultravioletas.

Problemas de saúde

Apesar de trazer muitos benefícios à saúde, ele também vem acompanhado de alguns riscos. As barras de chocolate possuem um teor altíssimo de açúcar, que está associado ao ganho de peso, doenças cardíacas, cáries dentárias e diabetes. E até mesmo o chocolate amargo, que é uma opção mais saudável, contém uma grande quantidade de cafeína.
É importante o consumo de cafeína diariamente, mas geralmente uma xícara no café pela manhã já é o suficiente para o dia todo. Se você comer muito chocolate amargo, além de muita cafeína você também estará ingerindo muito sacarose. Evite também o consumo de chocolate antes de dormir, pois a cafeína pode prejudica-lo na hora do sono.

Cuidado com os dentes ao comer

Se você comer chocolate moderadamente e seguir todo o protocolo de higiene oral, certamente não terá problemas, mas o que sabemos é que muitas pessoas não se preocupam ou não fazem ideia do quanto este alimento pode ser prejudicial aos dentes. Evite comer pausadamente a cada 15 minutos, por exemplo, quando for comer chocolate coma toda a porção de uma só vez, a ingestão pausada prejudica a remineralizarão, deixando seus dentes sem proteção por um longo período.
É aconselhável também escovar os dentes após o período de acides, cerca de 30~60min depois da ingestão do chocolate. Depois disso, você pode escovar os dentes sem causar danos à superfície do esmalte.

Amanhã: o fim do chocolate?

O chocolate acompanha o ser humano há tanto tempo que fica difícil de imaginar nossas vidas sem ele. Mas isso pode acontecer, existe uma previsão de que em 2050 pode ser o fim do comercio de chocolate, os preços estão cada vez maiores e a tendência é aumentar cada vez mais de acordo com a escassez do cacau.

Você se considera um chocólatra? Já parou para imaginar você sem chocolate no futuro?

CD. Felipe Amorim
Proudente - Clínica Odontológica



PROTECTED BY COPYSCAPE • DO NOT COPY